Critérios para a escolha da estrutura de corte de cabelos!

Critérios para a escolha da estrutura de corte de cabelos!

Você já deve ter escutado que deve escolher a estrutura de seu corte de acordo com o formato do seu rosto, certo? Essa informação é muito difundida nos websites disponíveis na internet e até em matérias de revistas, mas não passa de um mito!

Hoje falaremos sobre três dos muitos critérios que realmente devem ser considerados na hora da escolha!

Imagética: Revele a melhor versão do seu rosto!

Correspondência entre a linguagem visual da estrutura de corte de cabelos e o desejo de imagem!

Os elementos de design – linhas, formas, cores, texturas e volumes – caracterizam símbolos arquetípicos que são interpretados intuitivamente por nossa camada emocional do cérebro.

Linhas retas finas ou grossas, linhas curvas e linhas oblíquas vão transmitir diferentes mensagens aos interlocutores ao nosso redor e a primeira coisa que importa são os atributos que queremos transmitir às pessoas!

Estruturas de cortes com linhas oblíquas, sejam franjas diagonais, camadas, efeito de acabamento texturizado, assimetria, e outros elementos, transmitem assim jovialidade, leveza e dinamismo.

As estruturas curvas são ótimas para quem deseja comunicar delicadeza, feminilidade e um aspecto introspectivo.

Cortes retos passam a ideia de poder, autoridade, sofisticação, liderança e força.

É importante ressaltar que falamos da textura do corte de cabelo, não da textura do cabelo. Quem tem cabelo cacheado e com linhas curvas pode trazer muito poder ao visual ao adotar o corte reto.

Imagética: A história que sua imagem conta!

Critérios para a escolha da estrutura de corte de cabelos!
Critérios para a escolha da estrutura de corte de cabelos!

Proporções faciais!

Não adianta ter o corte que você procura ou ser igual a uma celebridade que você viu em uma revista e amou se isso acentua um nariz que você não gosta tanto, por exemplo.

Por essa razão é essencial poder contar com um profissional que ofereça serviços humanizados e personalizados! É importante que você converse bastante e o especialista entenda as características faciais que você gosta e quais não gosta tanto para sugerir uma estrutura de corte que esteja de acordo com as suas características e desejos.

O Face Telling tem como um dos princípios o desvio do olhar do ponto crítico! Ele será útil na escolha de acessórios, para cortar, pintar cabelos, modelar sobrancelhas.

Quem tem problemas com as bochechas deve evitar penteados com pontas arredondadas, como o chanel, que vão acentuar essa região, por exemplo. Fios mais claros também alongam e podem dar a impressão de mais volume.

Imagética: Valoriza a beleza natural do seu rosto, respeitando quem você é e a sua singularidade!

Áreas de volume na silhueta!

A questão da silhueta acaba sendo muito revelador e é novo para diversas pessoas. Mas realmente: cortar o cabelo também pode afetar áreas de volume do corpo!

Esse princípio do Face Telling também se aplica ao Body Telling: tire os olhos do ponto crítico. Você está incomodado com o volume nos quadris ou na parte superior do corpo? A textura do corte pode fazer com que esses segmentos do corpo se destaquem mais ou menos!

Conheça o Imagética: a história que sua imagem conta!

Imagética Total Look: avaliação dos seus traços emocionais e comportamentais!

Compartilhe esse texto: